Direita vence eleição no DCE da UFRGS

Saiu o resultado das eleições para o Diretório Central dos Estudantes - DCE e para os Conselhos da UFRGS (CONSUN, CEPE, CAMGRAD, CAMEX, CAMPESQ, CONCUR, CPPD e COORLICEN).

As eleições ocorreram nos dias 17, 18 e 19/11, e a contagem dos votos terminou em 21/11, próximo da meia-noite

A Chapa 3 – DCE LIVRE, Mudança Urgente! venceu as eleições, elegendo a nova diretoria do DCE e a maioria dos representantes discentes nos Conselhos.

Com o lema “Um DCE para os Estudantes, não para os militantes”, A Chapa 3 foi organizada por integrantes do Movimento Estudantil Liberdade – MEL, grupo de direita composto por estudantes, na maioria apartidários, bem como outros ligados ao DEM, PP, PMDB, PSDB e PDT. Era a única chapa contrária ao movimento “Fora Yeda”.

É a primeira vez na história que um grupo de direita conquista o DCE da UFRGS.

O MEL foi criado em 2006, como forma de fazer contraposição à hegemonia da esquerda na Universidade, e concorre pela 4ª vez ao DCE da UFRGS. O MEL ficou conhecido por liderar o Movimento Contra as Cotas na UFRGS, em 2007.

Segundo Anderson Gonçalves, filiado ao DEM, aluno do curso de Ciências Contábeis, fundador do MEL e coordenador do Movimento Contra as Cotas na UFRGS, “esta é uma vitória histórica da direita e mostra o esgotamento da esquerda no movimento estudantil. Faltaram urnas em muitos cursos nos quais a Chapa 3 tinha vantagem de votos, porque a Comissão Eleitoral apoiava a situação, mas ainda assim a fraude eleitoral foi derrotada. A vitória na UFRGS é só o começo, pois o MEL pretende crescer ainda mais e conquistar outras universidades no Estado e no país. O movimento estudantil deve começar a mudar de perfil e defender as liberdades individuais que vêm sendo progressivamente suprimidas no país e em toda a América Latina”..

Para Marcel van Hattem, ex-presidente da Juventude do PP/RS e ex-vereador em Dois Irmãos pelo PP e pré-candidato a Deputado Estadual em 2010, aluno do curso de Administração (entrou na UFRGS após ganhar a vaga na Justiça em ação contra as cotas) e eleito para uma das vagas no Conselho Universitário – CONSUN pela Chapa 3, “finalmente os estudantes da UFRGS terão o seu DCE. É a vitória dos estudantes contra os militantes esquerdistas“.

Segundo Renan Artur Pretto, sem partido, estudante de Administração e eleito o novo Presidente do DCE pela Chapa 3, “agora é hora de arregaçar as mangas, começar a trabalhar, cumprir as propostas de campanha e fazer uma boa gestão”.

Para Claudia Thompson, sem partido, estudante de Eng. Química, eleita Vice-Presidente do DCE e representante discente no CONSUN pela Chapa 3, “a primeira coisa a fazer será mudar a forma de eleição, adotando o sistema eletrônico, pelo Portal do Aluno, para impedir as fraudes que ocorreram em anos anteriores. Quanto à gestão, a principal bandeira será a defesa da Excelência Acadêmica”.

RESULTADO:

- Chapa 1, formada por militantes do PSOL – 1.524 votos;

- Chapa 2, formada por militantes do PSTU – 1.057;

- Chapa 3, formada por integrantes do MEL (DEM, PP, PMDB, PSDB, PDT e apartidários) – 1.559 votos;

- Chapa 4 , PT e PCdoB – 337 votos;

- Brancos e Nulos – 55 votos.

Devido à diferença muito apertada (35 votos), a chapa 1 (de situação, que ficou em 2º lugar) pediu a recontagem dos votos.

A vitória da Chapa 3 se deu pela esmagadora maioria de votos nos maiores cursos da UFRGS, como Administração, Medicina e Engenharias.

As principais propostas da Chapa 3 foram:

- Defesa da Excelência Acadêmica;

- Realizar parcerias com a iniciativa privada;

- Baixar o preço do cartão do TRI (que dá direitao à meia-passagem) para R$3,00 (atualmente o DCE cobra R$9,00) para os estudantes da UFRGS;

- Defender um ensino voltado para o Empreendedorismo;

- Direito à compra de ingressos antecipados nos RUs (restaurantes universitários) aos estudantes da Universidade;

- Prestação de Contas mensal no DCE, com os dados publicados no site da entidade (criação do Portal da Transparência);

- Melhorar a segurança nos campi da UFRGS;

- Realizar eleições eletrônicas, via Portal do Aluno (site da UFRGS), para o DCE e Conselhos da UFRGS, a partir de 2010.

A posse da gestão eleita será no dia 04/12/2009. O mandato é de 1 (um) ano.

GESTÃO ELEITA:
- Presidente – Renan Artur Pretto (Administração)
- Vice-Presidente – Claudia Thompson (Eng. Química)
- 2º Vice-Presidente – João Leonardo Fracassi (Medicina)
- Secretário-Geral – Matheus Piato (Agronomia)
- Secretária – Luiza Soares de Aguiar (Química)
- Tesoureiro – Tiago Bonetti (Eng. Elétrica)
- 2º Tesoureiro – Alencar Volpatto (Administração)

- Secretário de Integração - Tiago Gromann (Eng. Civil)
- Secretário de Eventos - Bruno Caescaes (Eng. Mecânica)
- Secretário de Comunicação - Leonildo Salles (Atuariais)

Coordenação de Campus:
- Centro - Guilherme Basso (Eng. Civil)
- Vale - André Soibelmann Glock Lorenzoni (Eng. Alimentos)
- Saúde - Graziella Rigotti (Rel. Públicas)
- Olímpico - Marcelo Rossi de Andrade (Ed. Física)

Conselho Administrativo:
Marcel van Hattem (Administração), Andrea Heisler (Medicina), Marcos Alberto Kepler (Eng. Civil), Leonardo Duarte Pascoal (Economia), George Maximiano Silvestre (Eng. Civil), Caroline Rippe de Mello (Museologia), Luigi Rossi Andrade (Computação), Frederico Schmitz (Eng. Química), Fernando Grigidi de Mello (Administração), Juliano de Fraga Mendes (Agronomia), Estevão Giacomelli (Contábeis), Pedro Maraschin Zancan (Eng. Civil).

Fonte: www.imil.org.br


Backlinks


Adicionar um Novo Comentário
ou Entrar como usuário do Wikidot
(não será publicado)
- +

Blog


Agregar uma página de blog


Tags

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License